Você conhece a história do Lago Negro?

Você conhece a história do Lago Negro?
Você conhece a história do Lago Negro?
Você conhece a história do Lago Negro?
Você conhece a história do Lago Negro?
Você conhece a história do Lago Negro?
Você conhece a história do Lago Negro?
Você conhece a história do Lago Negro?
Você conhece a história do Lago Negro?
Você conhece a história do Lago Negro?
Você conhece a história do Lago Negro?

Você conhece a história do Lago Negro?

Um dos pontos turísticos mais famosos de Gramado guarda uma história muito peculiar. As águas escuras e profundas do Lago Negro são envolvidas pelo verde das árvores que fazem deste um dos lugares mais bonitos da cidade. A área total do parque é de 89.336m² e a do lago é de 17.470 m². Sua profundidade alcança 14 metros. A visita ao Lago Negro é recomendada a qualquer hora do dia – seja pela manhã para uma boa caminhada ou ao entardecer para sentar e tomar um chimarrão – já que o local está sempre movimentado, então aproveite! Hortênsias e azaleias se revezam e a cada estação bordam as margens do lago trazendo cor e vida, proporcionando momentos de relaxamento e contemplação.

Um incêndio mudou tudo

O Lago Negro foi idealizado por Leopoldo Rosenfeldt, que foi uma das primeiras pessoas a ver o potencial turístico de Gramado. Devido a um trágico incêndio ocorrido em 1942, grande parte das árvores foram totalmente queimadas, entristecendo a paisagem. Para tentar conter o fogo, moradores abriram uma fenda no chão, onde encontraram uma vertente, que mais tarde seria transformada em um lago artificial, o Lago Negro. Originalmente, aquela área era chamada de Vale do Bom Retiro e pertencia a família Bier. Em 1953, por iniciativa de Leopoldo Rosenfeldt, o local foi reflorestado. Ele importou da região da Floresta Negra, na Alemanha (seu país de origem), mudas de árvores que foram plantadas em torno do lago.

Natureza e movimento

A qualquer hora do dia você vai encontrar pessoas caminhando, correndo e pedalando pelo Lago Negro, que por ter um visual tão lindo, inspira as pessoas a diversas práticas de atividades esportivas. O entorno do lago recebeu calçamento, proporcionando mais conforto para fazer o passeio, que também pode ser feito em carrinhos elétricos. Em um dos pontos há uma pequena gruta com a imagem de Nossa Senhora, que sempre recebe uma oração dos visitantes mais devotos.

Para curtir sem pressa

Escolha um dia bem ensolarado para andar de pedalinho no Lago Negro. Você irá desfrutar de vários ângulos privilegiados e poderá fazer lindas fotos. Para quem está em clima romântico, o pedalinho em forma de cisne é o ideal. Já as famílias podem escolher o pedalinho em forma de caravela. O serviço funciona diariamente, das 8h30 às 18h. O local possui uma boa infraestrutura para que você possa aproveitar seu tempo por ali. Se a fome bater, vá até o Paradouro Lago, que conta com um menu para lanches e pratos quentes. O local também tem banheiros e próximo dali você irá encontrar uma feirinha onde os artesãos locais comercializam seus produtos. Muita gente leva toalhas para estender na grama e fazer um piquenique. Outros preferem cadeiras para descansar enquanto tomam um chimarrão. O lugar é democrático, todos usufruem sem moderação!

SERVIÇO

O QUÊ: Lago Negro


ONDE: Rua. J. Renner Bairro Lago Negro – Gramado – RS


CONTATO: (54) 3295-2195


FUNCIONAMENTO: Diariamente – acesso livre (24 horas)


PEDALINHOS: Diariamente, de 8h30 às 18h


Fotos: Divulgação Portal Gramado

           Divulgação Prefeitura de Gramado

Você conhece a história do Lago Negro?

Um dos pontos turísticos mais famosos de Gramado guarda uma história muito peculiar. As águas escuras e profundas do Lago Negro são envolvidas pelo verde das árvores que fazem deste um dos lugares mais bonitos da cidade. A área total do parque é de 89.336m² e a do lago é de 17.470 m². Sua profundidade alcança 14 metros. A visita ao Lago Negro é recomendada a qualquer hora do dia – seja pela manhã para uma boa caminhada ou ao entardecer para sentar e tomar um chimarrão – já que o local está sempre movimentado, então aproveite! Hortênsias e azaleias se revezam e a cada estação bordam as margens do lago trazendo cor e vida, proporcionando momentos de relaxamento e contemplação.

Um incêndio mudou tudo

O Lago Negro foi idealizado por Leopoldo Rosenfeldt, que foi uma das primeiras pessoas a ver o potencial turístico de Gramado. Devido a um trágico incêndio ocorrido em 1942, grande parte das árvores foram totalmente queimadas, entristecendo a paisagem. Para tentar conter o fogo, moradores abriram uma fenda no chão, onde encontraram uma vertente, que mais tarde seria transformada em um lago artificial, o Lago Negro. Originalmente, aquela área era chamada de Vale do Bom Retiro e pertencia a família Bier. Em 1953, por iniciativa de Leopoldo Rosenfeldt, o local foi reflorestado. Ele importou da região da Floresta Negra, na Alemanha (seu país de origem), mudas de árvores que foram plantadas em torno do lago.

Natureza e movimento

A qualquer hora do dia você vai encontrar pessoas caminhando, correndo e pedalando pelo Lago Negro, que por ter um visual tão lindo, inspira as pessoas a diversas práticas de atividades esportivas. O entorno do lago recebeu calçamento, proporcionando mais conforto para fazer o passeio, que também pode ser feito em carrinhos elétricos. Em um dos pontos há uma pequena gruta com a imagem de Nossa Senhora, que sempre recebe uma oração dos visitantes mais devotos.

Para curtir sem pressa

Escolha um dia bem ensolarado para andar de pedalinho no Lago Negro. Você irá desfrutar de vários ângulos privilegiados e poderá fazer lindas fotos. Para quem está em clima romântico, o pedalinho em forma de cisne é o ideal. Já as famílias podem escolher o pedalinho em forma de caravela. O serviço funciona diariamente, das 8h30 às 18h. O local possui uma boa infraestrutura para que você possa aproveitar seu tempo por ali. Se a fome bater, vá até o Paradouro Lago, que conta com um menu para lanches e pratos quentes. O local também tem banheiros e próximo dali você irá encontrar uma feirinha onde os artesãos locais comercializam seus produtos. Muita gente leva toalhas para estender na grama e fazer um piquenique. Outros preferem cadeiras para descansar enquanto tomam um chimarrão. O lugar é democrático, todos usufruem sem moderação!

SERVIÇO

O QUÊ: Lago Negro


ONDE: Rua. J. Renner Bairro Lago Negro – Gramado – RS


CONTATO: (54) 3295-2195


FUNCIONAMENTO: Diariamente – acesso livre (24 horas)


PEDALINHOS: Diariamente, de 8h30 às 18h


Fotos: Divulgação Portal Gramado

           Divulgação Prefeitura de Gramado