Gaúchos também celebram a Oktoberfest!

Gaúchos também celebram a Oktoberfest!
Gaúchos também celebram a Oktoberfest!
Gaúchos também celebram a Oktoberfest!
Gaúchos também celebram a Oktoberfest!
Gaúchos também celebram a Oktoberfest!
Gaúchos também celebram a Oktoberfest!
Gaúchos também celebram a Oktoberfest!
Gaúchos também celebram a Oktoberfest!
Gaúchos também celebram a Oktoberfest!
Gaúchos também celebram a Oktoberfest!

Alegria e muito chope marcam uma das mais tradicionais festas que valorizam a colonização alemã no Rio Grande do Sul. A 31ª Oktoberfest acontecerá de 12 a 21 de outubro, na cidade de Igrejinha (que fica a 33km de Gramado). Se você está planejando viajar para a Serra Gaúcha nesta época, saiba que pode aproveitar a semana em Gramado e Canela e reservar um dia para conhecer essa festa de origem germânica que acontece pertinho daqui.

História

A Oktoberfest de Igrejinha surgiu em 1988, como forma de homenagear aos antepassados e com o propósito de resgatar valores culturais dos imigrantes alemães que colonizaram a região. É a “Festa de Outubro” e, a cada ano, a cidade prepara-se e fica mais aconchegante, para receber os visitantes que buscam reviver as tradições germânicas. Hoje são milhares de turistas que vem à cidade conhecer a hospitalidade local e a alegria de uma festa tipicamente alemã. A Oktoberfest é considerada um dos maiores eventos populares do Rio Grande do Sul, com repercussão nacional e internacional. Conquistou seu espaço no cenário turístico-cultural, sendo reconhecida como Patrimônio Cultural do Estado.

Atrações

Diversão, boa gastronomia e muito chope! Bailes com orquestras e grupos musicais são uma das atrações da Oktoberfest. As atividades ocorrem ao longo de todos os dias, iniciando pela manhã e se estendendo até o fim da noite. As bandinhas típicas recepcionam os visitantes com seus acordes característicos. A farta gastronomia alemã está viva na Oktoberfest. Dos tradicionais “joelho de porco”, chucrute e salsicha bock até pratos coloniais com cuca, linguiça e rabanete, há uma variedade sem fim de opções para quem visita a festa. E tem até spritzbier – a tradicional cerveja caseira sem álcool – comercializada no armazém da Vila Germânica. Das antigas danças típicas às mais modernas coreografias, a Oktoberfest reúne grupos folclóricos que resgatam as tradições, numa grande integração com o público. Os concursos de chope em metro são uma tradição. Vence o participante que tomar o conteúdo de uma tulipa de um metro (600ml) no menor tempo, sem derramar ou parar para respirar.

Bonecos-símbolo e a corte da festa

Os bonecos-símbolo da Oktoberfest de Igrejinha são Hans, Hannah e seus filhos, Frederico e Alice. São ícones da festa e participam das atividades alegrando os visitantes. As soberanas da festa, Natália Alves Schmitt, Bárbara Caroline Sparrenberger e Júlia Schneider Göttert, serão as anfitriãs do evento que promete movimentar Igrejinha e toda a região por 10 dias.

Fotos: Divulgação Oktoberfest

Alegria e muito chope marcam uma das mais tradicionais festas que valorizam a colonização alemã no Rio Grande do Sul. A 31ª Oktoberfest acontecerá de 12 a 21 de outubro, na cidade de Igrejinha (que fica a 33km de Gramado). Se você está planejando viajar para a Serra Gaúcha nesta época, saiba que pode aproveitar a semana em Gramado e Canela e reservar um dia para conhecer essa festa de origem germânica que acontece pertinho daqui.

História

A Oktoberfest de Igrejinha surgiu em 1988, como forma de homenagear aos antepassados e com o propósito de resgatar valores culturais dos imigrantes alemães que colonizaram a região. É a “Festa de Outubro” e, a cada ano, a cidade prepara-se e fica mais aconchegante, para receber os visitantes que buscam reviver as tradições germânicas. Hoje são milhares de turistas que vem à cidade conhecer a hospitalidade local e a alegria de uma festa tipicamente alemã. A Oktoberfest é considerada um dos maiores eventos populares do Rio Grande do Sul, com repercussão nacional e internacional. Conquistou seu espaço no cenário turístico-cultural, sendo reconhecida como Patrimônio Cultural do Estado.

Atrações

Diversão, boa gastronomia e muito chope! Bailes com orquestras e grupos musicais são uma das atrações da Oktoberfest. As atividades ocorrem ao longo de todos os dias, iniciando pela manhã e se estendendo até o fim da noite. As bandinhas típicas recepcionam os visitantes com seus acordes característicos. A farta gastronomia alemã está viva na Oktoberfest. Dos tradicionais “joelho de porco”, chucrute e salsicha bock até pratos coloniais com cuca, linguiça e rabanete, há uma variedade sem fim de opções para quem visita a festa. E tem até spritzbier – a tradicional cerveja caseira sem álcool – comercializada no armazém da Vila Germânica. Das antigas danças típicas às mais modernas coreografias, a Oktoberfest reúne grupos folclóricos que resgatam as tradições, numa grande integração com o público. Os concursos de chope em metro são uma tradição. Vence o participante que tomar o conteúdo de uma tulipa de um metro (600ml) no menor tempo, sem derramar ou parar para respirar.

Bonecos-símbolo e a corte da festa

Os bonecos-símbolo da Oktoberfest de Igrejinha são Hans, Hannah e seus filhos, Frederico e Alice. São ícones da festa e participam das atividades alegrando os visitantes. As soberanas da festa, Natália Alves Schmitt, Bárbara Caroline Sparrenberger e Júlia Schneider Göttert, serão as anfitriãs do evento que promete movimentar Igrejinha e toda a região por 10 dias.

Fotos: Divulgação Oktoberfest